DEPILAÇÃO FEMININA E MASCULINA.

DEPILAÇÃO FEMININA E MASCULINA.

             Depilação feminina e masculina.

Aparência, higiene e vontade sentir-se confortável são os principais motivos que incentivam a depilação em homens e mulheres

                                       

O clima quente do nosso país favorece a preferência pelo hábito de manter-se livre dos pelos. Corpos cada vez mais expostos nas praias ou  gínasios é um dos motivos que levam homens e mulheres fazer a depilação. Não é de hoje que nos incomodamos com os pelos. Na Grécia  Antiga, por exemplo, as mulheres costumavam arrancá-los com as mãos ou colocar brasa sobre a pele para queimá-los. Era comum naquela época ingerir uma espécie de chá capaz de diminuir a dor, anestesiando o corpo todo. Algum tempo depois, a depilação começou a ser feita com pastas caseiras. Algumas delas são utilizadas ainda hoje, como um tipo de xarope espesso composto de açúcar e sumo de limão.

A depilação ao longo do tempo

Em meados de 1920 e 1930, as mulheres depilavam somente as pernas. Em seguida, na segunda metade do século XX, começaram a se livrar dos pelos da axila para, finalmente, entre 1980 e 1990, criaram o costume também depilar as zonas intimas. A depilação masculina é ainda mais recente. A princípio, ela era apenas uma necessidade para atletas, em especial ciclistas e nadadores. No entanto, na década de 80, um desfile de trajes de banho na Europa ousou, inovou e causou polêmica quando os modelos surgiram na passarela totalmente depilados. Mais tarde, actores de cinema aderiram à moda, adotando, inclusive, a depilação íntima.

Depilação masculina

       

A axila é um lugar bastante sensível, com muitas glândulas e pelos muito fortes

Os homens estão passando por um processo de mudança bastante significativa no que tange a sua imagem no meio social. Nos últimos anos, eles têm se interessado mais por produtos e tratamentos de beleza.